Resenha: Heryn Dae – Heryn Dae (2016)

capaHeavy Metal vem sendo feito com maestria por bandas brasileiras por muito tempo. Bandas inteligentes são aquelas que sabem aproveitar-se de boas referencias para fazer um heavy metal diferenciado, onde elementos novos surjam para suprir as necessidades do ouvinte em relação a algo novo.

Heryn Dae foi muito inteligente em seu álbum de estreia, o disco que é homônimo a banda apresenta elementos que vão de um new metal até um stoner rock com pinceladas de doom metal, criando assim uma sonoridade com características únicas, que supre a necessidade do ouvinte de ouvir algo diferenciado mas ainda dentro do heavy metal.

A faixa de abertura me agradou muito, é sombria na medida certa, com uma guitarra bem estruturadas nas bases do heavy metal, formando assim algo bastante consistente que mostra bem o que esperar da banda no restante do álbum. A faixa que nomeia o álbum, Heryn Dae,  me lembra muito aquele heavy metal do final da década de 90, com um cadencia diferenciada e uma levada bem envolvente, acredito que a bateria poderia ser mais bem explorada.

Não tenho dúvidas ao elegem a pesada “Shadow’s Prologue” como melhor faixa do disco, ela puxa muito aquela anteriormente falada influencia em new metal, com vocais mais pesados e variantes, e com um show de guitarra, que trás um solo fantástico. Gosto muito dos graves e ate quase guturais que o vocalista explora na canção, pois isso mostra sua versatilidade e mais uma vez a inteligência da banda. A canção “Death” não poderia passar despercebida, sua introdução em baixo me conquistou, e seu início um tanto “lúdico” faz o ouvinte querer dançar hehe. A nítida influencia em stoner aparece na sétima faixa, “Kings of The Anarchy”, mas depois segue para o heavy metal que só o Heryn Dae aprendeu a fazer.

No geral, gostei do álbum, achei a guitarra muito bem feita, as linhas de baixo aparecem nítidas nos momentos certos, e o vocal é muito bom, consegue uma variação bacana como o estilo pede, entretanto, acredito que a bateria poderia procurar um diferencial, em todas as faixas ela segue praticamente a mesma levada e isso pode se tornar enjoativo. Heryn Dae é uma banda inteligente, que sabe usar o grande talento e potencial que possui.

NOTA: 8

Track List
01 – March To Die
02 – Final Fantasy
03 – Heryn Dae
04 – Death
05 – Shadow’s Prologue
06 – Lucy
07 – Kings of The Anarchy
08 – Evil Fortress

Line up
Victor Moura – vocal
Juliano Bianchi – guitarra
Ricardo Bach – baixo
Cristiano Pereira – bateria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s