Resenha: Roadie Metal Vol. 7 (2016)

FolderA cena do Rock/Metal no Brasil é bastante difícil, muitas vezes por conta de falta de apoio e incentivo. São poucas as pessoas que dedicam-se à cena, apoiando e auxiliando os músicos  a divulgar e propagar sua arte pelo território nacional. Vejo nas coletâneas copiladas pelo site Roadie Metal uma grande forma de divulgação, onde as bandas podem levar seu trabalho para um grande público e para todos os cantos do país.

A Roadie Metal chega ao Vol. 7 de sua coletânea, trazendo 35 nomes da cena nacional, de vários gêneros, a copilação é capaz de agradar todos, contendo bandas de ótima qualidade em busca de seu espaço na música. O disco 1 abre com cariocas da Syren que trazem a faixa “Motordevil”, um heavy metal envolvente e veloz, com grande qualidade e presença. Com fortes elogios ao baixista, elejo como a melhor canção do disco a faixa “Revolution Day” da banda Underhate, que trás um instrumental envolvente e um vocal regrado, que sabe seu limites. Destaco também as faixas “Downfall” e “Overhead” das respectivas Fenrir’s Scar e Overhead. 

O segundo disco abre com a magnífica Voodoopriest e seu vocal feroz na faixa “Juggernaut”. Nesta segunda etapa da coletânea a banda que mais me agrada são os gaúchos da As Do They Fall com a faixa “Nemessis”, as variações no vocal são executadas com maestria, com guturais limpos e compreensíveis, sem aquela tranqueiragens que muitas bandas optam por usar, e um vocal limpo afinado e de qualidade, com riffs rápidos, sem dúvida a banda se destaca entre as demais. 

Que venha o Vol. 8! Pois a qualidade presente no Vl. 7 é bastante alta. 

CD 01:
01 – Syren: Motordevil
02 – Tropa de Shock: Inside The Madness
03 – Válvera: Cidade Em Caos
04 – Dolores Dolores: I Was Wrong
05 – Underload: Let It Go
06 – Makinária Rock: Eleição ou Gozação
07 – Heryn Dae: Heryn
08 – Overhead: Overhead
09 – Normandya: Lost Seasons
10 – Fenrir’s Scars: Downfall
11 – Blessed In Fire: Blessed In Fire
12 – Apeyron: The Dance of Fire
13 – S.I.F.: Puritania
14 – Gravis: Ladrão
15 – Vate Cabal: A Extração da Pedra da Loucura
16 – Underhate: Revolution Day
17 – Eduardo Lira: Sunrise

CD 02:
01 – Voodoopriest: Juggernaut
02 – Monstractor: The 4th Kind
03 – Forkill: Let There Be Thrash
04 – Kryour: Chaos of My Dream
05 – Criminal Brain: Victim
06 – Handsaw: Supreme Being
07 – Dying Silence: Sem Concerto
08 – Demolition: Infected Face
09 – Deadliness: Guerreiros do Metal
10 – Hellmotz: Wielding The Axe
11 – Death Chaos: House of Madness
12 – Melanie Klain: Lavagem Celebral
13 – Psychosane: Road
14 – As Do They Fall: Nemesis
15 – Dioxina: Sombras
16 – Heavenly Kingdom: Hungry Misery and Pain
17 – South Hammer: Harley My Motorcycle
18 – Crush: Pedrada

13169998_859558330822430_1012732855_o

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: Roadie Metal Vol. 7 (2016)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s