Resenha: Edu Falaschi – Moonlight (2016)

EF_cover_WEB_ONLY.jpg

Em seus 25 de carreira Edu Falaschi consolidou seu nome no metal nacional e mundial, em comemoração ao aniversário de carreira ele resolveu presentear os fãs com um disco acústico com voz/violão e instrumentos de orquestra (violino, violoncelo, flauta, saxofone), trata-se de “Moonlight” que reúne releituras de clássicos que marcaram uma geração na voz de Falaschi, são oito músicas do Angra e uma do Almah. Mostra uma versão erudita e intimista do vocalista, que canta de forma calma e sentimental. O instrumental dá nova vida as músicas e um toque de novidade.

O disco conta com participações de Tiago Mineiro (piano), que representa Jazz brasileiro e a  música popular; Maestro e violinista Adriano Machado (arranjos de cordas), criador e regente da orquestra sinfônica de Villa Lobos. Além disso, existem dois convidados especiais: João Frederico Sciotti, conhecido como “Derico” (flautas e saxofone) e Sandami (percussões). A arte da capa foi desenvolvida pelo artista brasileiro Gustavo Sazes, que assinou a arte da capa de “Fragile Equality”, da banda Almah, além de outros nomes de peso do cenário mundial.

Tracklist:

01. Nova Era
02. Bleeding Heart
03. Arising Thunder
04. Rebirth
05. Breathe
06. Angels and Demons
07. Spread Your Fire
08. Wishing Well
09. Heroes of Sand

Nota: 9,5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s